Oliveira lamenta problemas

21 outubro 2018 15:42:16 CET

O piloto português de Moto2, Miguel Oliveira, ficou mais longe do título mundial da categoria ao ficar-se pelo quarto lugar no Grande Prémio do Japão.

O piloto Luso ainda acabou promovido ao terceiro lugar, depois da desqualificação do francês Fabio Quartararo, mas ainda assim complicou as contar do Mundial de Pilotos de Moto2.

Vamos para Austrália bastante motivados, vêm aí circuitos onde historicamente somos fortes, o que nos dá muito ânimo para encarar as últimas três provas do campeonato.

Miguel Oliveira

Apesar de ter saído do nono lugar na grelha de partida, Miguel Oliveira recuperou até ao quarto lugar, mas ainda assim perdeu mais sete pontos para o líder, Francesco Bagnaia, que terminou no segundo posto e tem agora mais 35 pontos no campeonato mundial.

A recuperação de Miguel Oliveira acabou por ser algo de bom numa semana complicada para a KTM, ainda que o português tenha revelado que teve dificuldades com a sua moto:

"Voltei a fazer uma excelente corrida, parti de nono e terminei na quarta posição. Depois do Warm-up acreditei que podia ter um ritmo de corrida mais elevado, mas tive de lutar muito com a moto durante todas as voltas para conseguir sair das curvas com aderência".

A diferença para o primeiro lugar não desanima o Luso que promete lutar até que matematicamente não seja possível alcançar o título.

"Estou feliz por ainda estar na luta pelo campeonato, mas temos que nos concentrar em vencer corridas e tirar o máximo partido daquilo que temos. Vamos para Austrália bastante motivados, vêm aí circuitos onde historicamente somos fortes, o que nos dá muito ânimo para encarar as últimas três provas do campeonato".

Enquanto isso, este domingo disputa-se o Grande Prémio dos Estados Unidos em Fórmula 1. Lewis Hamilton tem 1.28 de odds para vencer a corrida, Sebastian Vettel tem 6.00 para conseguir o mesmo e Kimi Raikkonen 7.50.

Ver Todas as Apostas de Fórmula 1